Usuário:

Senha:




 Esqueceu sua senha? | Cadastrar

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Gaveta
Fernamdo e Sorocaba
Webcam
Bonde do Brasil
Tudo que você quizer
Luan Santana
Mozão
Lucas Lucco
Dá um oi pra mim
Banda Encantus
Zen
Anita
Fui Fiel
Gustavo Lima
Guerra Fria
Sorrizo Maroto
Logo Eu
Jorge e Mateus
Vou Assumir
Aviões do Forró

Você considera João Pessoa a nona cidade mais violenta do mundo?


Sim. Pois a cada dia os crimes tem aumentado significantemente.
Talvez. Mas, a criminalidade existe em todo lugar.
Não. Acredito que tem outras Capitais do Brasil mais violentas.
Prefiro não opinar.

Polícia desarticula quadrilha suspeita de furto de gado na Paraíba

Fonte: G1
Data: 24/07/2013

Compartilhe com seus amigos 
Polícia desarticula quadrilha suspeita de furto de gado na Paraíba

Uma operação da Polícia Civil foi realizada na manhã desta quarta-feira (24), com objetivo de desarticular uma quadrilha responsável por furtar gado na região do Agreste e Mata paraibana. Doze pessoas tiveram prisão preventiva decretada pela Justiça e até as 9h20, duas tinham sido presas na zona rural de Pilar.

Segundo o delegado Hugo Helder, a polícia continuava em diligência para tentar capturar o restante do grupo. Conforme a investigação iniciada há dois anos, a quadrilha furtava animais, transportava vivos para abater clandestinamente e depois vendia a carne em supermercado e frigorífico pertencente a um dos integrantes do grupo, localizado em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, ou em barracas localizadas à margem da BR-230.

Eles são suspeitos de formação de quadrilha por furto de gado municípios de Pilar, São José dos Ramos, São Miguel de Taipu e Cruz do Espírito Santo. A quadrilha tem ainda mais um integrante, já preso desde o mês passado.

Segundo as investigações, eles utilizavam como meio de transporte cavalos e motos para que se deslocassem ao local pretendido para os furtos e depois os animais eram trazidos para o abate em caminhões do tipo “boiadeira”. De acordo com o Ministério Público, o abate dos animais era realizado em dias diferentes e de forma separada, sempre durante a madrugada, na zona rural de São José dos Ramos e Cruz do Espírito Santo.

De acordo com o delegado regional Hugo Helder, as investigações começaram em outubro do ano de 2011. O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), também participou das investigações.

“Louvável o trabalho executado pela polícia, uma vez que tudo foi procedido obedecendo rigorosamente o que preconiza a legislação processual penal vigente, pois não houve qualquer tipo de violência para a elucidação do crime”, disse o promotor de Pilar, Aldenor de Medeiros.

Efetue o login no topo do site para comentar.

Clique aqui para efetuar o login
Clique aqui para realizar seu cadastro em nosso site.

Comentários

Poste um comentário.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Rádio Novo Horizonte FM 87.9 - Todos os Direitos Reservados 2011 | Desenvolvido por Visual Slim